Assen

Holanda – 5 de junho

Etapa 2

A cidade de Assen recebe corridas de moto desde 1925. O circuito atual, construído em 1955 e chamado de "A Catedral" da motovelocidade, aproveita uma pequena parte do traçado pioneiro.
Assen sedia o GP da Holanda do Mundial de Motovelocidade desde o primeiro ano da competição, em 1949. Seletivo e exigente para os pilotos, oferece uma atmosfera festiva e alegre para o público.
O Brasil tem uma vitória nessa pista - a de Alexandre Barros em 2000, na categoria 500 cm³.

VÍDEOS

Onboard Bob Keller – Prova 1

Onboard Guy Bertin – Prova 1

Onboard Bob Keller – Prova 2

Onboard Guy Bertin – Prova 2

Ian Simpson na primeira corrida, Guy Bertin na segunda. Em Assen, na Holanda, os dois ex-campeões do ICGP (International Classic Grand Prix) dividiram as vitórias na categoria 350 e proporcionaram um belo espetáculo na "Catedral" da motovelocidade mundial. O circuito holandês recebeu a segunda das seis rodadas duplas do campeonato. A final será em Goiânia no dia 23 de outubro.

Simpson venceu a primeira corrida da 350 depois de uma grande disputa com Leon Jeacock, George Hogton-Rusling (campeão de 2015 e pole position nas duas corridas) e Guy Bertin. Este último perdeu suas possibilidades de vencer na metade da prova: a ignição saiu de ponto e o motor perdeu rendimento. Um número relativamente alto de tombos e quebras marcou a prova –algo problemático devido à proximidade de horário com a segunda prova do dia. Na segunda corrida, Bertin confirmou sua condição de favorito ao título e venceu pela terceira vez no ano, com Hogton-Rusling em segundo e Jeacock em terceiro. Simpson, vencedor da primeira corrida, abandonou pouco depois da metade da prova.

Na categoria 250, o britânico Colin Sleigh, campeão de 2014, foi o vencedor das duas corridas, secundado por Stefan Tennstadt na primeira e por Don Gilbert na segunda. Para o brasileiro Bob Keller, a etapa de Assen rendeu um quinto e um sétimo lugares. Ele alinhou em quinto entre as motos da 250 e terminou a prova de abertura nessa mesma posição. Na segunda, um erro da organização com o horário fez Keller, Bertin e o francês Stephan Luc Denis serem impedidos de alinhar no grid. Bertin, à força, saiu do box e alinhou normalmente em sua posição – uma atitude que só não resultou em mais que uma multa devido à evidência de que o erro foi dos organizadores. Keller e Denis, entretanto, obedeceram aos comissários e largaram somente depois da passagem dos demais participantes pela saída do box. Depois de uma corrida de recuperação, Keller recebeu a bandeirada apenas 27 milésimos de segundo atrás do britânico Mark Rogers, sexto colocado na 250.

O brasileiro relatou sua satisfação por ter voltado a pilotar em Assen, onde não corria há alguns anos. "Foi um final de semana de sol e calor num lugar famoso por chover quase sempre", conta. "É uma pista que parece simples, mas recompensa os pilotos técnicos pela precisão necessária para andar rápido."

Clique para ampliar

RESULTADOS / Corrida 1
RESULTADOS / Corrida 2

PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO

Kelmachine Eventos Esportivos

Fone +55 (11) 5584-8588

icgp.brasil@gmail.com

CONTATO

ASSESSORIA DE IMPRENSA

LetraNova Comunicação – Luiz Alberto Pandini

Fone +55 (11) 2367-0608

pandini@letranova.com.br

BUSCA NO SITE
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle

Design: Milxtor Arte