ICGP Brasil homenageia lendas do motociclismo brasileiro em Goiânia


Adú Celso

Pilotos de diversas épocas do motociclismo nacional serão homenageados durante a etapa brasileira do International Classic Grand Prix.

Mais do que uma corrida de motos, a etapa de encerramento do International Classic Grand Prix será uma celebração à motovelocidade nacional. No dia 23 de outubro, no intervalo entre as duas provas finais do campeonato mundial para motos de GP clássicas, haverá uma homenagem a um grupo de pilotos que fizeram história. Entre eles, estarão Adu Celso (in memoriam) e Alex Barros, os únicos brasileiros a vencerem GPs do Campeonato Mundial. Os pilotos homenageados (veja abaixo a lista completa) receberão, cada um, uma placa alusiva à respectiva importância para a história do motociclismo esportivo no Brasil. Em seguida, alguns deles farão uma "parade lap". "A homenagem aos pilotos brasileiros é o ápice desta celebração. Nossa proposta sempre foi de aproveitar o ICGP Brasil para resgatar a história do motociclismo nacional", afirma Bob Keller, piloto do ICGP e promotor da prova de Goiânia. Entre os homenageados estão Adu Celso, falecido em 2005 e primeiro brasileiro a vencer um GP no Mundial de Motovelocidade (na Espanha, em 1973) e Alex Barros, que disputou vinte temporadas e venceu sete GPs. Adu será representado no evento por seus familiares, assim como outros pilotos já falecidos. A homenagem aos pilotos brasileiros é feita em parceria com a Moto Story, empresa criada pelo ex-piloto de enduro e trial Carlãozinho Coachman especialmente para preservar a história do motociclismo nacional. O reconhecimento será estendido a pilotos e preparadores estrangeiros que atuaram ou tiveram presença constante em provas nacionais e internacionais realizadas no Brasil, como o preparador uruguaio Jacinto Sarachu.


Mais notícias