Pilotos elogiam a etapa final do ICGP no Brasil

25/11/2016

 

Organização, receptividade e traçado do autódromo de Goiânia foram unanimemente elogiados pelos pilotos estrangeiros que disputaram o ICGP Brasil. Homenagem aos pilotos brasileiros foi um dos grandes momentos do evento.

 

Um sucesso. O primeiro ICGP Brasil, realizado em Goiânia no dia 23 de outubro, foi um marco na história do International Classic Grand Prix, o campeonato internacional para motos de GP clássicas. O público presente ao autódromo viu duas corridas muito disputadas, nas quais não faltaram disputas pela vitória e brasileiros terminando entre os três primeiros - Leandro Mello, com um segundo e um terceiro lugar na 350, Bob Keller e Roberto Boettcher, cada um terminando em terceiro em uma corrida da 250. 

Keller, que participa regularmente do ICGP e foi promotor da etapa brasileira, teve vários motivos para ficar satisfeito. "Foi uma trabalheira enorme, mas no final das contas o evento me deixou muito contente. O público compareceu em bom número, os participantes gostaram muito de vir para cá e todos querem correr de novo no Brasil. Tudo isso mostra que acertamos", comemora. A avaliação do francês Eric Saul, piloto e promotor do campeonato do ICGP, foi altamente positiva. "A corrida do Brasil foi um grande sucesso, com excepcional cobertura de mídia, organização sem falhas, circuito magnífico... Foi um grande momento de felicidade para todos os participantes", elogiou. 

Entusiasmo semelhante foi compartilhado pelo vencedor das duas corridas na categoria 350, o francês Jean-Paul Lecointe. Piloto mais rápido do final de semana, foi apelidado pela mídia goiana como "Rei do Cerrado". Lecointe, tricampeão do ICGP e participante do GP da França do Mundial de Motovelocidade na categoria 500 em 1989, afirmou após suas vitórias: "Eu poderia ficar horas falando bem do Brasil, da organização, da pista...". 

Além das corridas, o ICGP Brasil teve uma homenagem a pilotos históricos do motociclismo brasileiro. Todos os que puderam estar presentes, mais os representantes daqueles já falecidos, receberam uma medalha comemorativa oferecida pelo Moto Story, um projeto de resgate da história do motociclismo nacional coordenado por Carlãozinho Coachman. Entre os homenageados estava Adú Celso, primeiro brasileiro a vencer um GP do Campeonato Mundial de Motovelocidade (Espanha, em 1973, na categoria 350 cm³). Adú, falecido em 2005, foi representado por sua família. "Cumprimos outro objetivo do ICGP Brasil: ajudar a resgatar a história do motociclismo no Brasil. Foi um momento muito emocionante para todos os envolvidos. Iniciativas como esta homenagem são raras por aqui, mas muito comuns na Europa", comenta Keller. 

Após a realização do primeiro ICGP Brasil, Keller olha para o futuro. "Foi a primeira vez que organizamos uma prova do ICGP no Brasil e tudo funcionou bem", avalia. "Mas é claro que sempre existem pontos que ainda podem ser melhorados. Já fizemos reuniões internas e sabemos exatamente o que fazer para tornar o próximo ICGP Brasil ainda melhor", finaliza. 

As provas de Goiânia podem ser asssitidas na íntegra no canal do ICGP Brasil no YouTube. O primeiro ICGP Brasil teve patrocínios da Motul (lubrificantes) e da Givi (acessórios para motocicletas), com parcerias da Circuit, Old Cycle, Moto Story, Tutto Moto e Waiver e apoio institucional da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG), Agetop e Governo de Goiás.

 

 

Please reload

Mais notícias

Please reload

PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO

Kelmachine Eventos Esportivos

Fone +55 (11) 5584-8588

icgp.brasil@gmail.com

CONTATO

ASSESSORIA DE IMPRENSA

LetraNova Comunicação – Luiz Alberto Pandini

Fone +55 (11) 2367-0608

pandini@letranova.com.br

BUSCA NO SITE
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle

Design: Milxtor Arte